Após vinte anos, escolas municipais passam por reformas em Almenara

Em alguns casos, nunca houve nenhuma melhoria após construção

11 de Fev de 2019

Precariedade: essa é a palavra que definia a situação das escolas do campo da cidade de Almenara. Em alguns casos, nunca houve nenhum reparo por parte das administrações anteriores. A situação já estava ficando insuportável por parte dos professores e alunos que não tinham as mínimas condições de uso do espaço.

Os casos mais graves se encontravam nas escolas da comunidade Sapata e na comunidade Capim Branco. Na comunidade Sapata, a Escola Municipal Sapata, segundo Tania Celes Rocha — diretora das escolas do campo, nunca passou por nenhuma melhoria desde a sua construção há mais de 20 anos. De igual modo, a Escola Municipal Ademir Amorim, na comunidade Capim Branco, havia mais de 18 anos que não passava por qualquer melhoria, afirma.

Para resolver essa grande lacuna, a atual administração vem se esforçando para que todas as escolas do campo sejam reformadas e que haja o mínimo de respeito com servidores e comunidades. Com isso, já é possível ver os resultados desta força tarefa montada para sanar esta situação.

VEJA TAMBÉM:

A escola municipal Namir Otoni, em Pedra Grande, passa por uma reestruturação completa

Assim, as escolas vem ganhando um novo visual e isso vai trazer mais ânimo e disposição para alunos a professores como bem pontou Tania Celes Rocha:

“O que estávamos vendo é uma conquista sem precedentes nos municípios de Almenara. Agora teremos um ambiente onde pessoas podem entrar e sentir-se bem acolhidas”

Para o prefeito Ademir Gobira, que começou seus estudos na escola rural em Pedra Grande, esse é só o começo de grandes avanços que teremos em cada lugar da cidade.

“Para mim, como prefeito, ter a oportunidade de levar melhores condições de vida para nossas crianças das comunidades rurais é a realização de um sonho que nasceu em mim ainda quando era aluno em Pedra Grande. Esse é meu compromisso com todos vocês! ”

Até o momento já passaram por melhorias as seguintes escolas:

Escola Municipal Namir Otoni — distrito Pedra Grande;
Escola Municipal Umbelino — comunidade Vila Rica;
Escola Municipal Ademar Amaral — comunidade Capim Branco;
Escola Municipal São Jose do Prata — comunidade Sacode;
Escola Municipal Sapata — comunidade Sapata;
Escola Municipal Rubi (primeira escola na comunidade Quilombola) — comunidade Quilombola.

William Fróis

Gerente de Comunicação e Markerting