A história — Uma Nova História: reforma da praça dos Canoeiros

A praça Padre João de Paula, conhecida como praça dos Canoeiros, é testemunha do início de Almenara

15 de Fev de 2019

Prefeitura de Almenara, visando resgatar parte da história da cidade, dá início a reforma da praça Padre João de Paula, mas conhecida como praça dos Canoeiros. A praça é testemunha do início de Almenara; com vista privilegiada para a Serra da Vigia, hoje, conhecida como Morro do Cruzeiro. Abriga o antigo Porto Velho, atualmente, o aprazível Rock Bar. Trata-se de uma das construções mais antigas da cidade, ainda em pé, localizada à beira do Rio Jequitinhonha.

Em tempos remotos, foi um armazém pertencente à família Tupy. É de um valor simbólico inestimável. O entorno do velho armazém abrigava a feira semanal, antes da inauguração do Mercado Municipal, ocorrida em 1956.
Abaixo dele, ficava o porto das canoas e escalés. Lá, aportavam com as mercadorias trazidas para a feira semanal.
A Praça Padre João de Paula teve seu nome atribuído em homenagem ao primeiro Vigário de Vigia, que se estabeleceu no distrito em 1896.

Também conhecida como Praça dos Canoeiros, onde havia um monumento em homenagem a estes heróis anônimos. Eles faziam a ligação entre as fazendas e povoados, às margens do rio, navegando entre Belmonte e Araçuaí, na virada do século XIX e início do XX. Enfrentavam corredeiras, enchentes e toda sorte de dificuldades.

Foi pensando em toda essa história e visando oportunizar outras vivências, que o prefeito Ademir Gobira autorizou a completa reforma do espaço. Assim, os canteiros estão recebendo pela primeira vez um revestimento especial, o piso sendo retocado, os jardins (depois de anos sem ter água encanada no local) recebe um cuidado diferenciado e, em breve, a pintura dará vida ao que antes estava morto — vivo apenas na memória daqueles que ali viveram dias incríveis.

*Com informações do economista Evandro Miranda

William Fróis

Gerente de Comunicação e Markerting