Prefeitura de Almenara recebe a presidente da Copasa para assinatura de ordem de serviço

O contrato autoriza o início da Complementação da Rede de Esgoto da cidade

10 de Abr de 2017

O prefeito Ademir Gobira recebeu em seu gabinete, na manhã do dia 07, a presidente da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Sinara Meireles, e sua comitiva, para um ato que marcará para sempre a história da cidade de Almenara. A visita teve como objetivo a assinatura do Contrato de Ordenamento dos Serviços de Complementação da Rede de Esgoto da cidade. A visita de Sinara Meireles é resultado das incansáveis viagens feitas pelo prefeito à capital mineira para cobrar da Companhia o melhoramento dos serviços prestados à comunidade almenarense. Também estiveram presentes o secretariado corpo jurídico da prefeituta, o deputado estadual Dr. Jean Freire, o presidente da Câmara Municipal, Romércio Gobira, e os vereadores Cátia Soares de Oliveira (Catinha da Academia), Alexsandro Ferreira Souza (Sandro Augustinho), Euler Gil Batista (Mister Euler) e Natanael Dias de Sousa (Nata da CDN).

Durante a visita, Ademir Gobira explanou sobre os pontos mais importantes a serem considerados pela Companhia. Em discurso, o prefeito cobrou que fosse resolvida, em caráter de urgência, a questão da falta de água no distrito de Pedra Grande, bem como o melhoramento do tratamento desta água.

Ademir ainda agradeceu o apoio dado pelo gerente do distrito regional, Eder Portella, que enviou um geólogo para estudo de solo, resultando na identificação de três pontos para a abertura dos poços artesianos que, inclusive, já tem autorização dos proprietários das terras para a execução dos serviços. Em seguida, o prefeito colocou-se à disposição para ajudar no que for preciso para que a situação do distrito seja definitivamente resolvida.

Outra necessidade apontada pelo prefeito foi a instalação de um filtro na captação de água na comunidade Sacode, a fim de diminuir o grande nível de ferro-manganês que é encontrado, no intuito de diminuir os riscos à saúde dos moradores do povoado. Seguindo as observações, foi mencionado que as obras que viabilizariam a captação de água e esgoto na comunidade Sapata, realizadas pela Copasa Serviços de Saneamento Integrado do Norte e Nordeste de Minas Gerais S/A (Copanor), estão paradas e que isso deveria também ser visto em caráter de urgência.

Finalizando, Ademir cobrou uma das principais promessas de campanha que é a providência em relação ao Córrego Gonçaleiro - o grande responsável pelo mau cheiro provocado ao longo da Rua Argemiro Aguilar, bem como o alagamento das partes mais baixas da cidade em época de chuva. Outra questão apontada pelo prefeito foi a má qualidade na reposição da pavimentação (calçamento) feita pelas empreiteiras da Copasa, gerando prejuízos financeiros e insatisfação da população, que acaba cobrando da prefeitura um serviço que é da Companhia.

Ouvindo atentamente a explanação do prefeito, Sinara Meireles foi solidária em concordar com as colocações feitas e disse que este papel cabe naturalmente ao prefeito, bem como à própria população em fazer estas cobranças. Ela ainda afirmou que todas estas demandas serão sanadas, tendo como órgão fiscalizador a própria prefeitura. Segundo a presidente, esta parceria entre prefeitura e Copasa é muito importante para a construção do progresso da cidade.

Após a reunião, aconteceu na sede distrital da Companhia a assinatura do contrato que viabiliza o ordenamento dos serviços de Complementação da Rede de Esgoto de Almenara no intuito de resolver os problemas enfrentados pela população. A obra será executada pela empresa MS Engenharia, ganhadora do processo de licitação. A solenidade foi ilustrada pelas integrantes do Coral das Lavadeiras de Almenara, que mostraram um pouco da nossa cultura musical com a interpretação de uma canção cujo tema central foi à água. Uma vez encerrada a solenidade, diretores da Copasa e da Prefeitura se deslocaram para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) onde aconteceu uma proveitosa reunião de trabalho e se procedeu ao plantio de árvores como ato simbólico da preservação da água. 

Coordenador de Comunicação e Marketing